Você sabe o que é um vinho orgânico e biodinâmico? Conheça os rótulos da Vivente Vinhos

Extrair o melhor da uva e da terra é a proposta da dupla Diego Cartier e Micael Eckert para as bebidas da Vivente Vinhos. Por isso, os empreendedores apostam no conceito de vinhos orgânicos, biodinâmicos e naturais. E você encontra alguns deles aqui na Baskets

Vinícola Vivente Vinhos, em Colinas, Rio Grande do Sul, vinhos orgânicos
A Vivente Vinhos fica em Colinas. Rio Grande do Sul. Crédito © Marcelo Curia

Ficou intrigado(a)? Nós te explicamos exatamente o que isso significa. A agricultura orgânica é aquela que não utiliza nenhum tipo de agrotóxico. 

Já a ideia de biodinâmico surgiu no começo do século 20 com o filósofo e artista croata Rudolf Steiner (1861-1925). Ele criou um sistema ecologicamente correto, com o mínimo de interferência humana, diminuindo a exaustão do solo e respeitando a rotação de culturas. Em resumo, trata-se de desenvolver uma relação espiritual e ética com o solo, evitando também o uso de produtos tóxicos.  

Unindo esses dois conceitos, o vinho natural é produzido com uvas provenientes da agricultura orgânica ou da biodinâmica. Além disso, essas bebidas respeitam o ciclo natural de fermentação da fruta, utilizando apenas leveduras selvagens no processo. 

Vinhos da Vivente Vinhos pendurados de cabeça para baixo
As criações da Vivente Vinhos têm um sabor único. Crédito: Divulgação
Vinhos da Vivente Vinhos em cestas de plástico para transporte
As garrafas da marca têm ilustrações de Fabio Zimbres. Crédito: Divulgação

E como o uso de substâncias químicas é evitado nesse tipo de bebida, o consumidor tem um grande benefício: o fim daquela sensação horrível de ressaca. Claro que não dá para abusar, mas esses aditivos, se utilizados em excesso, são conhecidos por provocar náuseas, dores de cabeça e abdominais, diarreia e outros sintomas desagradáveis.  

Por todas essas características, pode-se dizer que as bebidas produzidas pela Vivente Vinhos são vivas e, como tal, precisam de alguns cuidados. “É importante evitar mudanças bruscas de temperatura e guardá-los em uma boa adega. Mas esses produtos podem durar e evoluir maravilhosamente bem por muitos anos, como qualquer outro vinho, se tiverem estrutura para isso”, explica o empreendedor. 

Parceria poderosa

Curiosamente, antes da Vivente Vinhos, Diego Cartier e Micael Eckert eram figuras de destaque no campo da cerveja artesanal. Enquanto Cartier era beer hunter do clube da Wine, “Have a Nice Beer / WBeer”, e sócio de uma pequena importadora de raridades, Eckert foi sócio-fundador e cervejeiro da Coruja.  

Micael Eckert e Diego Cartier em uma das caves da Vivente Vinhos
Micael Eckert e Diego Cartier em uma das caves da Vivente Vinhos. Foto © Marcelo Curia

Os amigos resolveram unir forças para criar um produto único, com alma e muito respeito aos ciclos da natureza. Por isso, no terreno da dupla, localizado no município de Colinas (RS), cultivam-se uvas, amoras, framboesas, mirtilos e até uma horta para consumo próprio. 

A empreitada deu muito certo. Em 2018, quando surgiu, a Vivente Vinhos produziu cerca de 4.500 garrafas. Esse número só cresceu. Em 2020, atingiu um patamar de aproximadamente 17 mil garrafas. 

O interessante é que essas embalagens podem até virar objetos decorativos. Isso porque as garrafas têm desenhos criados pelo quadrinista, ilustrador e artista visual Fabio Zimbres. É puro charme!

Aqui na Baskets você encontra alguma dessas preciosidades

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s